sábado, 31 de outubro de 2009

MEDIDA SEM MEDIDA


O que é Saudade?
Pode-se emprestar à ela a acepção inglesa do missing, que é sentir falta!
Outros já tentaram associar a idéia de Saudade ao regret francês ou ao soledad do espanhol, mas tudo se redunda mais uma vez num reducionismo semântico. Sentir falta, lástima ou solidão, nada é tão profundo como o sentimento da saudade.
Disse alhures,meu Pai, Clóvis Tavares: A Saudade é o Metro do Amor!
Saudade é uma nostalgia da inocência original.
Só quem ama pode dimensionar essa sensação inefável.
Só quem tem essa saudade imensa pode verdadeiramente amar.
Ter saudade é como um rasgo de lucidez na escuridão da inconsciência.
É como um lampejo de alegria em meio à amargura.
É uma aspiração de alcançar uma nova dimensão.
É um Portal de um outro Espaço-Tempo.
Contou meu Pai, em palestra na Escola Jesus Cristo, no dia 18 de maio de 1952: “Uma pequenina descendente de condes e barões foi raptada do castelo onde morava, quando colhia flores no jardim, por um grupo de ciganos. Cresceu e foi educada entre eles, habituando-se à vida errante e cheia de atropelos. Um dia, a sua alma “despertou”. Ela sonhou que uma bela fada chegou junto a ela e disse: “Aqui está um castelo que é seu. Volte para sua casa”. E os sonhos se sucederam noites após noites. E a jovem não pôde resistir aos sucessivos apelos oníricos.”Seu pai está no castelo esperando por você, até hoje, sem saber onde você está, ”dizia a voz. Então , ela fugiu, em busca do castelo, esperando encontrá-lo".
Encontrará? Perguntamos todos.
E concluiu Clóvis Tavares: “Cristo também tem um castelo e está a nossa espera. Nossas almas foram raptadas pelos ciganos de nossas paixões, mas a voz de um anjo de luz, que é a voz da Fé, está sempre a nos lembrar de nosso castelo no Céu. Por isso, a alma humana tem momentos de lucidez e se abate quando se recorda do castelo celeste. Queremos nós sair de nosso estado de seqüestro espiritual?”
É preciso depurar a nossa Saudade, para que busquemos as aspirações mais sublimes da alma. É preciso amar mais, esperar mais, confiar mais, pacificar mais, perdoar mais, sentir mais, compadecer-se mais, preenchendo os vazios existenciais de nossas almas e convertendo a saudade em ação no bem.

Flávio Mussa Tavares

Um comentário:

Rosângela disse...

Interessante, Dr Flávio,ontem falei para meu marido assim: Tenmho saudad de Jesus Criso. E aí ele me peruntou? Como? Somos só temos saudade daquilo que tinhamos e não temo mais. E aí falei. Será que não já éramos em Cristo? Se o espírito do homem retorna a Deus é porque estava lá.. huahauhaua

JESUS É LINDO E QUE ELE TE ABENÇOE, AMADO.

olha a palavrinha
pronvo

provo o novo..