quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Alunos da Uenf brigam pelo bandejão


Sou egresso do ensino superior público de qualidade.
Estudei na UFRJ, após meus ginásio e científico no Liceu de Humanidades de Campos.
Durante o meu período de seis anos na Federal do Rio de Janeiro, no Fundão, quando participamos ativamente da abertura do Hospital Universitário, contra interesses escusos da ditadura militar que então governava o nosso país, pude também pariticipar de outras moviemtações dos estudantes de então.
Nós éramos destemidos e nada individualistas.
Vejo com alegria a participação de minha filha Juliana pela abertura do Restaurante Bandejão na UENF, universidade de padrão internaciona, classificada entre as melhores do país.
Eu fui beneficiário do Bandejáo da UFRJ por seis anos de minha vida.
Acho justo que alunos dos diversos cursos da UENF tenham uma alimentação de qualidade em apoio a sua formação acadêmica de qualidade insuspeita.
Eis a carta de Juliana pediando apoio ao Roberto Moraes:[
(...) luta dos estudantes da uenf pelo bandejão.Começou ontem com uma marcha rumo a reitoria com muito panelaço e está continuando com um acampamento na frente da reitoria.Meu amigo blogger Yuri colocou algumas fotos e detalhes no blog dele, se quiser conferir:
http://www.dendrito.blogspot.com

A sua ajuda seria de enorme valia, já que os jornais locais não demonstraram muito interesse!

Valeu Juliana, Bandejão Já!

Um comentário:

marianne disse...

Faço parte do atual movimento estudantil da UENF e agradeço o apoio à nossa luta!!!
BANDEJÃO,
ALOJAMENTO,
PARIDADE,
AUMENTO DE BOLSAS,
DEMOCRATIZAÇÃO DA UNIVERSIDADE PÚBLICA JÁ!!!!!!