segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Joga pedra no... Jobson?


Chico Buarque, em sua Ópera do Malandro imortalizou a hipocrisia humana farta de preconceito e crueldade na famosa canção Geni:


"Joga pedra na Geni, joga bosta na Geni. Ela é feita prá apanhar, ela é boa de cuspir. Ela dá prá qualquer um, maldita Geni."


Na dita Ópera, Geni salva a cidade ao aceitar a corte do comandante do Zepelin.


Jobson salvou o Botafogo.


Jobson é de origem paupérrima, não tem formação escolar, é totalmente dependente da estrutura de um clube para promover a sua recuperação.


Dependência Química é doença! O Código Internacional de Doenças, da Organização Mundial de Saúde a classifica com o código CID 10: F 12.


Há uma doença psíquica e uma grave questão social.


A nossa sociedade vive uma Epidemia de infestação de dorgas psicoativas lícitas ( assim chamadas por pura convenção) e ilícitas.


Por que agora abandonar o Jobson?


Será que a diretoria do Botafogo vai ser tão ingrata com o atleta que resgatou a dignidade de toda uma equipe, impedindo-a de uma recaída traumática na segunda divisão?


Será que a diretoria do Botafogo, não terá o famoso fairplay futebolístico para oferecer a mão amiga ao atleta humilhado por sua doença?


Jobson não tem no momento outro futuro que não seja o Futebol.


A sua dependência química pode ter o mesmo empenho em tratamento que uma lesão muscular.


Espero que o Tribunal de Justiça Desportiva não o julgue com dureza e que decrete o seu banimento do esporte. Isso é uma Pena de Morte. Isso é a condenação do pobre coitado a afundar-se de vez nas drogas.


Rogo clemência ao juizes do Tribunal de Justiça Desportiva para não perderem a aoportunidade de salvar um homem da desgraça social, moral e biológica.


Ajudem o Jobson!


Recuperem o Jobson!


Ele merece por que é um ser humano e por causa de sua inteligência corporal.


Que Deus perpasse o coração e as consciências dos juristas do Tribubal de Justiça Desportiva para que o futuro de um menino pobre não seja aquele que estava escrito e que ele estava em vias de reescrever.





3 comentários:

Rosângela disse...

Que bom ler este tipo de postagem.
Jesus cria na recuperação das pessoas.

É uma covardia deixar os feridos sozinhos.

Que este tribunal seja íntegro, verdadeiro e humilde.

Há mesmo uma hipocrisia social silenciosa e surda.

Que Vida e a Graça de Jesus superabunde acordando as pessoas!

Fabiano Seixas disse...

Como torcedor do Clube da Estrela Solitária, sugiro e diretoria do Clube que proporcione ao atleta acesso a um programa de desintoxicação, pois como afirmado no blog, é uma doença, de cunho espiritual, físico e mental, ele não é responsável pela doença, mas pode detê-la, vivendo um programa como os Doze Passos de Narcóticos Anônimos, que funciona, vide o grande número de adictos em recuperação que hoje levam uma vida limpa e construtiva na sociedade!
Afirmo, Só Por Hoje vale a pena viver um dia limpo!
Um abraço fraterno!
Fabiano!

Rosângela disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Ia9jDu3Lpww